quinta-feira, 30 de junho de 2011

Equinácea para o sistema imunológico

Segue uma dica para reforçar o sistema imunológico neste frio.
Foi comprovado a eficácia desta planta maravilhosa, a Equinácea. Ela atua no sistema imunológico, combatendo vírus, em especial o vírus herpes simplex, Zoster.
Encontrada em forma de tintura ou cápsulas. Ideal fazer um tratamento prolongado de prevenção.
Tintura, 15 a 20 gotas em meio copo d'agua, 3x ao dia. Tomar por um mês com pausa de 10 dias e retornar o tratamento por 3 meses sempre com a pausa de 7 a 10 dias. Funciona muito.
Já está sendo comercializada em laboratórios como tratamento para herpes, alguns laboratórios já utilizam seu princípio ativo para alopatia.

quinta-feira, 23 de junho de 2011

receitinha de xarope para encarar inverno

É meninas, não tem jeito, só esfriar que começa os sintomas respiratórios. Tosse, congestão nasal etc.
Tenho usado muito com a Íris um xaropinho bem bacana que faço, bem fácil de fazer e funciona sem precisar entupir nossas crias com anti alérgico e outras bombas, ( nada contra se for realmente preciso) além disso, reforça o sistema imunológico.
Segue a receita.
Em uma panela no "Banho maria" colocar:
1 maço de agrião lavado e picado;
150g de mel;
1 colher de sopa de gengibre ralado;
1 colher de sobremesa de tintura de própolis (reserve para o final da preparação)
Deixar ferver em banho maria por uns 40 minutos, acrescentando um pouco de agua na mistura (meio copo).
Retirar do fogo, bater tudo no liquidificador, coar e acrescentar o própolis.
Guardar em vidro escuro (tipo os de azeite) e na geladeira.
Dar para criança 1 col de sopa 3x ao dia.
Tenha paciência demora um pouco, mas expectora muito.

quarta-feira, 1 de junho de 2011

As peripécias de uma criança a mil na escola

Continuo aprendendo com as vivências da Íris, cada hora me dou conta que preciso redirecionar meus pensamentos. Educar é difícil, estou vivendo com ela a fase escolar e descobrindo seu temperamento ao lidar com diferenças. Me choco as vezes pois tendo a querer que ela seja exatamente como imagino. Mas vejo um ser humaninho distinto e particular.
Já tem suas próprias vontade e "quereres". E como explicar, como instruir???????
Alguns simplesmente dizem: Tem que impor limites, tem ser dura etc.
Os limites, é relativo, educar é uma arte, paciência, treino, obstinação.
Eu fico aqui tentando entender o que de melhor fazer. As professoras, as vezes são "firmes" e me espanta, eu que penso diferente????????? Como mostrar para as professoras as necessidades particulares da Íris??? Difícil pois mães são suspeitas para elas.
Imagino que seguir o fluxo é mais natural. Querer que a criança se porte exatamente como gostaríamos é meio opressivo eu acredito.
Então quando ela cutuca os amiguinhos ( pra não dizer bate nos amiguinhos pois minha filha é"boazinha" rs) eu converso, converso, explico, explico. Ser dura com ela resolve? Imagino que não, pois acredito que crianças nessa idade está em formação, precisa de parâmetros claro, e de exemplos opostos.
Por isso que digo, que vamos aprendendo como lidar com eles, como agir nessas situações. Com segurança e confiança, mas com muito amor e sinceridade também. Vou testando, sinto que é por ai.
video